Grupo HOBANNER 001

Atlético-PR poderá ser punido pelo STJD por manifestação política

Por J.Lima em 09/10/2018 às 11:08:19

Fornecido por Areté Editorial S/A

O Atlético-PR poderá ser punido por uma pequena manifestação política no último sábado na partida contra o América-MG. O time rubro-negro entrou em campo com um camisa amarela com o seguinte slogan: Vamos todos juntos por amor ao Brasil. O mesmo tem sido usado por eleitores de Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República.

O procurador do tribunal, Felipe Bevilacqua afirmou que a multa mais severa seria a exclusão do torneio, entretanto, acredita que medida não seja tão extrema. Além disso, concluiu que foi um posicionamento político, mesmo que o clube não assuma.

- A pena máxima seria exclusão do torneio, mas neste caso seria medida muito extrema, que não caberia. Não estava escrito o nome do candidato, mas a mensagem política foi clara. Não adianta alegar que não - disse o procurador do tribunal, Felipe Bevilacqua à Folha de São Paulo.

A pena mais branda poderá ser a perda de pontos no Campeonato Brasileiro. Porém, a Fifa pode ou não punir o clube e ainda analisará o caso junto a entidade.

A manifestação política foi relatada pelo árbitro da partida, Raphael Claus, na súmula. Com isso, o STJD terá que se manifestar em um prazo de 30 dias. Segundo regras da Fifa, no artigo 4, diz que os times tem que ter neutralidade política, o que se aplica em todas as confederações filiadas.

Neste Brasileirão, houve outros casos de manifestação política. O jogador do Palmeiras, Felipe Melo, após saída de campo, dedicou o seu gol ao candidato à presidência, Jair Bolsonaro. Até o momento nada foi feito. 

Fonte: Lance

 

banner aabb
campeonato empresarial