65857755
BANNER 001Grupo HO

Diretoria do Atético-AC estipula prêmio de 500 mil por acesso a serie B

Na partida decisiva da próxima 2ª feira, no Florestão, o Galo precisa devolver o resultado do jogo na Arena Pantanal, quando perdeu por 2 a 0 para o Cuiabá

Por J.Lima em 24/08/2018 às 15:17:49

Foto: Manoel Façanha

Não será por falta de incentivo financeiro que os jogadores do Atlético Acreano deixarão de buscar o acesso Série B do Campeonato Brasileiro em 2019. Na manhã desta quarta-feira (22), a diretoria do time celeste esteve reunida e resolveu definir uma premiação especial ao elenco em caso de acesso a próxima edição da 2ª Divisão.

Segundo o repórter Paulo Roberto Araújo, da Rádio Difusora Acreana, a diretoria estipulou um "bicho" de R$ 500 mil aos jogadores pelo acesso. O dinheiro para o pagamento viria da cota da participação da próxima edição da série B do Campeonato Brasileiro. Cada clube integrante da competição garante uma cota de direito de imagem da ordem de R$ 6 milhões.

CALIBRANDO
Na partida decisiva da próxima segunda-feira, no Florestão, o Galo precisa devolver o resultado do jogo na Arena Pantanal, quando perdeu por 2 a 0 para o Cuiabá. O técnico Álvaro Miguéis priorizou no treino desta quarta-feira, ocorrido no palco da partida, um trabalho exaustivo de finalização ao gol.

Vivendo um jejum de gols, o atacante Neto deve começar o jogo de volta no banco. Uma das opções para substituir o jogador será o curinga Jeferson. Outra opção para o setor é o atacante Rafael Tanque, um jogador mais de área que também faz bem o pivô entre os zagueiros adversários.

O zagueiro celeste Naldo (reserva) será baixa certa. Na súmula do jogo da última segunda-feira, ocorrido na Arena Pantanal, o árbitro da partida Raphael Claus detalhou que o defensor celeste recebeu cartão vermelho por reclamar do lance que originou segundo gol cuiabano

CONFIANTE
O atacante Eduardo, um dos artilheiros do Galo Carijó na disputa da Série C, não entregou os pontos após a derrota para o Cuiabá. O atleta explica que o time celeste tem condição de buscar o resultado dentro de casa.

"Apesar dos nossos erros na casa do adversário, realizamos um bom segundo tempo, tanto que tivemos quatro chances claras de gols, mas, infelizmente, não colocamos a bola na rede do Cuiabá", analisa o atacante.

Fonte: Futebol Interior

banner aabb
campeonato empresarial